terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Feliz Ano Novo


Amigos/as!

Ao findar este ano de 2013, agradecemos a todos/as pelas visitas ao nosso Blog. Obrigado por acessar, compartilhar e difundir toda a vida que acontece e é socializada neste espaço.

Que a Bem-Aventurada Bárbara Maix interceda por todos/as!!!

Estamos juntos/as em 2014!
 
“Desejo que nós e vós, com este Ano Novo, comecemos também, sob a proteção de Deus Menino, Maria e José, a santificar-nos, continuando sempre, sem esmorecer, até a morte. Desejo-vos santo amor e caridade de uma para com a outra, ajudando-vos  mutuamente a carregar a cruz”

Bem-Aventurada Bárbara Maix

“A graça e a paz do Senhor, que o amável Menino Jesus nos trouxe, esteja com todas vós, cresça e aumente em vós até a última hora de vossas vidas e vos faça, de hora em hora, mais santas! Isso vos desejo, a todas, e a cada uma em particular, para o Ano Novo”

Bem-Aventurada Bárbara Maix, 1868

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Renovação da Consagração Religiosa da Irmã Letícia Campagnolo


Até a Consagração Definitiva, a Irmã do Imaculado Coração de Maria renova a cada dois anos os conselhos evangélicos de pobreza, castidade e obediência para viver sua consagração religiosa, na entrega total do ser na missão a serviço do Reino de Deus.

Nessa perspectiva, na Província de Santa Maria, a Irmã Letícia Campagnolo Cavalheiro, renovou sua por mais dois a sua entrega a este projeto e amor: a Vida Religiosa Consagrada. Este ato foi realizado durante Celebração Eucarística, na  Comunidade Nossa Senhora do Trabalho, em Santa Maria/RS.

A comunidade participou deste momento especial. Presidiu a missa o padre Cesar Chavarra Nunhoz. A Renovação dos Votos foi acolhida pela Congregação, através da representante do Conselho Provincial, Ir. Aldinha Inês Welzbacher, responsável pelo Setor Formação.

A celebração foi linda. Na homilia, Padre Cesar enfatizou a necessidade de ser profeta na Vida Religiosa hoje e disse para Ir. Letícia: “Não tenha medo, pois ser fiel ao Projeto de Jesus Cristo e de Bárbara Maix não é fácil em nossa sociedade. A decisão é pessoal.

Irmã Letícia Campagnolo manifestou sua gratidão a Deus pela infinita bondade e amor em sua história de vida, agradeceu a Comunidade de Irmãs e ao povo pelo incentivo e ajuda na caminhada.
 
 
 

Saiba Mais:

Província de Santa Maria sob a Proteção do Espírito Santo
Rio Grande do Sul
Países: Venezuela, Bolívia, Argentina e Haiti

Blog: http://icmprovinciasantamaria.blogspot.com

Tal como a Família de Nazaré, muitas outras se encontram hoje em exílio, mesmo dentro das próprias famílias - Papa no Angelus

 
A Sagrada Família de Nazaré que a Igreja comemorou no domingo, dia 29, foi o tema da reflexão do Papa Francisco, por ocasião da oração mariana do Angelus, juntamente com os milhares de fiéis reunidos na Praça de São Pedro e com quantos o seguiam através dos meios de comunicação social.

Família - porque Deus quis nascer numa família com mãe e pai, como aliás mostram os presépios – disse o Papa - frisando que o Evangelho deste domingo é centrado sobre a fuga da Sagrada Família de Belém para o Egito devido às ameaças de Herodes.

José, Maria e Jesus experimentam portanto as condições dramáticas dos refugiados, marcadas por medo, incerteza, dificuldades – prosseguiu o Papa - recordando que, infelizmente, também nos nossos dias, milhões de famílias vivem esta triste realidade. Quase todos os dias os meios de comunicação falam de pessoas obrigadas a fugir devido à fome, guerras e outros perigos graves, indo à procura de segurança e de uma vida digna para si e para os próprios familiares.

Mesmo quando esses refugiados e emigrantes encontram trabalho, nem sempre isto é acompanhado dum verdadeiro acolhimento, respeito, apreço dos valores de que são portadores – frisou o Papa, convidando a pensar no drama dos migrantes e refugiados que são vítimas de recusa e exploração.

Mas o Papa convidou também a pensar naqueles que definiu de “exilados escondidos” no seio das famílias, e deu como exemplo os anciãos, por vezes tratados como uma presença incómoda, e recordou mais uma vez que a forma como se tratam os anciãos e as crianças é espelho do estado da família…

E com veemência Francisco voltou a repetir que numa família onde os membros se recordam sempre de pedir licença, dizer obrigado e pedir desculpas, nessa família reina a alegria e a paz…

O Papa Francisco continuou a sua reflexão, fazendo notar que Jesus quis pertencer a uma família humana que passou por várias dificuldades, isto para mostrar que Deus está lá onde a pessoa humana enfrenta perigos, lá onde o homem sofre, onde tem de fugir, onde experimenta a recusa e o abandono; mas está também lá onde a pessoa humana sonha, espera regressar à Pátria em liberdade, projeta e opta pela vida, pela própria dignidade e pela dos seus familiares.

O Papa referiu-se ainda à simplicidade de vida da Família de Nazaré, exemplo para as famílias de hoje, ajudando-as a se tornar comunidades de amor e de reconciliação, em que se experimenta a ternura, a ajuda e o perdão recíprocos. Mas convidou-as também a tomar consciência da importância que têm na Igreja e na sociedade, especialmente no anuncio do Evangelho que da família passa aos diversos âmbitos da vida quotidiana…


Depois da oração mariana do Angelus, o Papa recordou que o próximo Sínodo dos Bispos enfrentará o tema da família e, neste dia da Festa da Sagrada Família confiou à Família de Nazaré os trabalhos do Sínodo, dirigindo a Ela, juntamente como os fiéis, uma oração a favor de todas as famílias do mundo…

ORAÇÃO À SAGRADA FAMÍLIA

Jesus, Maria e José,
em Vós, contemplamos
o esplendor do verdadeiro amor,
a Vós, com confiança, nos dirigimos.

Sagrada Família de Nazaré,
tornai também as nossas famílias
lugares de comunhão e cenáculos de oração,
escolas autênticas do Evangelho
e pequenas Igrejas domésticas.

Sagrada Família de Nazaré,
que nunca mais se faça, nas famílias, experiência
de violência, egoísmo e divisão:
quem ficou ferido ou escandalizado
depressa conheça consolação e cura.

Sagrada Família de Nazaré,
que o próximo Sínodo dos Bispos
possa despertar, em todos, a consciência
do carácter sagrado e inviolável da família,
a sua beleza no projecto de Deus.

Jesus, Maria e José,
escutai, atendei a nossa súplica.



Por fim o Santo Padre dirigiu uma saudação especial aos fiéis que estavam em ligação com a Praça de São Pedro naquele momento a partir da Basílica da Anunciação em Nazaré, para onde se deslocou o Secretário Geral do Sínodo dos Bispos; a partir da Basílica da Sagrada Família em Barcelona, onde se encontra o Presidente do Conselho Pontifício para a Família; a partir da Basílica Santuário da Santa Casa, em Loreto, Itália; e a quantos se encontravam reunidos em várias partes do mundo para celebrações em que a família estava no centro da atenção.

O Papa concluiu saudando os peregrinos que enchiam verdadeiramente a Praça, especialmente as famílias… e ainda diversos outros grupos vindos essencialmente de diversas partes da Itália.

Rádio Vaticano

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Em mensagem de Natal, Papa Francisco reza pela paz

 

Nesta quarta-feira, 25, Natal do Senhor, Papa Francisco dirigiu-se ao Balcão Central da Basílica Vaticana para a tradicional benção “Urbi et Orbi”. Na mensagem de Natal que antecedeu a benção, o Santo Padre pede paz na Síria, na República Centro-Africana, na Terra Santa, além de recordar problemáticas como o tráfico de seres humanos e as calamidades naturais.



Mensagem a partir de 10min e 27 segundos
 
MENSAGEM
Mensagem de Natal do Papa Francisco 
e Benção Urbi et Orbi
Quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

«Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens do seu agrado» (Lc 2, 14).

Queridos irmãos e irmãs de Roma e do mundo inteiro, bom dia e feliz Natal!

Faço meu o cântico dos anjos que apareceram aos pastores de Belém, na noite em que nasceu Jesus. Um cântico que une céu e terra, dirigindo ao céu o louvor e a glória e, à terra dos homens, votos de paz.

Convido todos a unirem-se a este cântico: este cântico é para todo o homem e mulher que vela na noite, que tem esperança num mundo melhor, que cuida dos outros procurando humildemente cumprir o seu dever.

Glória a Deus.

A primeira coisa que o Natal nos chama a fazer é isto: dar glória a Deus, porque Ele é bom, é fiel, é misericordioso. Neste dia, desejo a todos que possam reconhecer o verdadeiro rosto de Deus, o Pai que nos deu Jesus. Desejo a todos que possam sentir que Deus está perto, possam estar na sua presença, amá-Lo, adorá-Lo.

Possa cada um de nós dar glória a Deus sobretudo com a vida, com uma vida gasta por amor d’Ele e dos irmãos.

Paz aos homens.

A verdadeira paz – como sabemos – não é um equilíbrio entre forças contrárias; não é uma bela «fachada», por trás da qual há contrastes e divisões. A paz é um compromisso de todos os dias, mas a paz é artesanal, realiza-se a partir do dom de Deus, da graça que Ele nos deu em Jesus Cristo.

Vendo o Menino no presépio, Menino de paz, pensamos nas crianças que são as vítimas mais frágeis das guerras, mas pensamos também nos idosos, nas mulheres maltratadas, nos doentes… As guerras dilaceram e ferem tantas vidas!

Muitas dilacerou, nos últimos tempos, o conflito na Síria, fomentando ódio e vingança. Continuemos a pedir ao Senhor que poupe novos sofrimentos ao amado povo sírio, e as partes em conflito ponham fim a toda a violência e assegurem o acesso à ajuda humanitária. Vimos como é poderosa a oração! E fico contente sabendo que hoje também se unem a esta nossa súplica pela paz na Síria crentes de diversas confissões religiosas. Nunca percamos a coragem da oração! A coragem de dizer: Senhor, dai a vossa paz à Síria e ao mundo inteiro. E convido também os não crentes a desejarem a paz, com o seu anelo, aquele anelo que alarga o coração: todos unidos, ou com a oração ou com o desejo. Mas todos, pela paz.

Ó Deus Menino, dai paz à República Centro-Africana, frequentemente esquecida dos homens. Mas Vós, Senhor, não esqueceis ninguém e quereis levar a paz também àquela terra, dilacerada por uma espiral de violência e miséria, onde muitas pessoas estão sem casa, sem água nem comida, sem o mínimo para viver. Favorecei a concórdia no Sudão do Sul, onde as tensões actuais já provocaram demasiadas vítimas e ameaçam a convivência pacífica naquele jovem Estado.

Vós, ó Príncipe da Paz, convertei por todo o lado o coração dos violentos, para que deponham as armas e se empreenda o caminho do diálogo. Olhai a Nigéria, dilacerada por contínuos ataques que não poupam inocentes nem indefesos. Abençoai a Terra que escolhestes para vir ao mundo e fazei chegar a um desfecho feliz as negociações de paz entre Israelitas e Palestinianos. Curai as chagas do amado Iraque, ferido ainda frequentemente por atentados.

Vós, Senhor da vida, protegei todos aqueles que são perseguidos por causa do vosso nome. Dai esperança e conforto aos deslocados e refugiados, especialmente no Corno de África e no leste da República Democrática do Congo. Fazei que os emigrantes em busca duma vida digna encontrem acolhimento e ajuda. Que nunca mais aconteçam tragédias como aquelas a que assistimos este ano, com numerosos mortos em Lampedusa.

Ó Menino de Belém, tocai o coração de todos os que estão envolvidos no tráfico de seres humanos, para que se dêem conta da gravidade deste crime contra a humanidade. Voltai o vosso olhar para as inúmeras crianças que são raptadas, feridas e mortas nos conflitos armados e para quantas são transformadas em soldados, privadas da sua infância.

Senhor do céu e da terra, olhai para este nosso planeta, que a ganância e a ambição dos homens exploram muitas vezes indiscriminadamente. Assisti e protegei quantos são vítimas de calamidades naturais, especialmente o querido povo filipino, gravemente atingido pelo recente tufão.

Queridos irmãos e irmãs, hoje, neste mundo, nesta humanidade, nasceu o Salvador, que é Cristo Senhor. Detenhamo-nos diante do Menino de Belém. Deixemos que o nosso coração se comova: não tenhamos medo disso. Não tenhamos medo que o nosso coração se comova! Precisamos que o nosso coração se comova. Deixemo-lo abrasar-se pela ternura de Deus; precisamos das suas carícias. As carícias de Deus não fazem feridas: as carícias de Deus dão-nos paz e força. Precisamos das suas carícias. Deus é grande no amor; a Ele, o louvor e a glória pelos séculos! Deus é paz: peçamos-Lhe que nos ajude a construí-la cada dia na nossa vida, nas nossas famílias, nas nossas cidades e nações, no mundo inteiro. Deixemo-nos comover pela bondade de Deus.

PALAVRAS DE FELICITAÇÕES DO PAPA PELO NATAL

A vós, queridos irmãos e irmãs, vindos de todo o mundo e reunidos nesta Praça, e a quantos estão em ligação connosco nos diversos países através dos meios de comunicação, dirijo os meus votos de um Natal Feliz!

Neste dia, iluminado pela esperança evangélica que provém da gruta humilde de Belém, invoco os dons natalícios da alegria e da paz para todos: para as crianças e os idosos, para os jovens e as famílias, para os pobres e os marginalizados. Nascido para nós, Jesus conforte quantos suportam a prova da doença e da tribulação; sustente aqueles que se dedicam ao serviço dos irmãos mais necessitados. Feliz Natal para todos!

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Duas novas Irmãs para a Congregação

Alegres, acolhemos duas novas Irmãs do Imaculado Coração de Maria: Irmã Adriane e Irmã Angélica.

Primeira profissão religiosa realizada no dia 21 de dezembro de 2013, em Caxias do Sul.

Consagradas para serem solidárias na defesa e promoção da vida, em fidelidade ao Reino de Deus, na vivência do Carisma da Bem-Aventurada Bárbara Maix.

Rezemos pelas vocações!!!

 
 

Jovem, neste coração há espaço para você! Junte-se a nós!

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

RJ: Projeto de Artes “Magia das Mãos” encerra as atividades de 2013

O grupo do projeto de Artes “Magia das Mãos”, coordenado pela Ir. Roseli Turcato, na Escola Pio XII, no Rio de Janeiro-RJ, realizou o encontro de encerramento das atividades deste ano.

Foi realizado uma bonita partilha, com uma dinâmica, tendo como símbolo um pincel de pintura, onde cada uma falava sobre o que aprendeu com o curso e a alegria destas descobertas. Sob a dimensão bíblica da “Visitação”, própria neste período de Advento e Natal, todas se colocaram dizendo da “Visitação de Deus”, através da arte, habilidades e talentos recebidos e desenvolvidos através do curso.

Ao final, com um delicioso e farto lanche, marcou o encerramento.
 
 
 

Saiba Mais:

Escola Pio XII
Rio de Janeiro – RJ

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Um novo Santo na Igreja: o jesuíta Pedro Fabro

O Papa Francisco recebeu em audiência privada nesta terça-feira (17), o Prefeito da Congregação da Causa dos Santos, Cardeal Angelo Amato. No decorrer do encontro, o Sumo Pontífice, após ouvir o Relatório, estendeu à Igreja universal o culto litúrgico em honra ao Beato Pedro Fabro, sacerdote professo da Companhia de Jesus, nascido em Le Villaret (Alta Saboia, França) em 13 de abril de 1506 e falecido em Roma em 1º de agosto de 1546, inscrevendo-o no Catálogo dos Santos.
Jesuíta Pedro Fabro

Ao mesmo tempo autorizou a Congregação a promulgar os Decretos que reconhecem:

- o milagre, atribuído à intercessão da Venerável Serva de Deus Maria Teresa Demjanovich, religiosa professa da Congregação das Irmãs da Caridade de Santa Isabel; nascida em Bayonne (Nova Jersey, Estados Unidos) em 26 de março de 1901 e falecida em 8 de maio de 1927;

- as virtudes heróicas do Servo de Deus Emanuele Herranz Establés, Sacerdote diocesano e Fundador das Religiosas Escravas da Virgem Dolorosa; nascido em Campillo de Dueñas, Espanha, em 1º de janeiro de 1880 e falecido em Madrid, Espanha, em 29 de junho de 1968;

- as virtudes heróicas do Servo de Deus Giorgio Ciesielski, leigo e pai de família; nascido em Cracóvia, Polônia, em 12 de fevereiro de 1929 e falecido no Egito em 9 de outubro de 1970. 

Rádio Vaticano

Francisco convida 4 sem-teto no dia do seu aniversário

O Papa Francisco hospedou na missa do dia de seu aniversário, 17 de dezembro, quatro pessoas sem-teto e todo o pessoal que trabalha na Casa Santa Marta, aonde reside. Todos foram convidados também para o café da manhã com ele, no refeitório da residência.

Os quatro mendigos, que vivem nas ruas vizinhas ao Vaticano, foram apresentados ao Papa pelo elemosineiro, Dom Konrad Krajewski. A Santa Sé divulgou uma nota informando que a celebração se realizou em um clima “particularmente familiar”, atendendo a um desejo do aniversariante.

Na missa também estavam presentes o Secretário de Estado, Dom Pietro Parolin, que atualmente reside na Casa Santa Marta, e o decano do colégio cardinalício, Dom Angelo Sodano, que concelebrou com o Papa.

O Evangelho do dia, abordando a genealogia e os nomes dos antepassados de Jesus, deu oportunidade ao Papa para citar no curso de sua homilia os nomes de vários funcionários presentes. Depois da missa, como sempre, Francisco cumprimentou todos pessoalmente.

Antes de se dirigirem ao refeitório para o café da manhã, entoaram juntos um coro de “Parabéns a você” pelos 77 anos do Pontífice.
(CM)

Rádio Vaticano

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Colégio Puríssimo - Campanha de Natal 2013

No último dia 14/12, na quadra da Casa Azul, acolhemos as crianças da Pastoral da Criança (setores Santana e São Paulo Apóstolo), para a entrega dos presentes arrecadados durante a Campanha de Natal.

No total foram atendidas 113 crianças, sendo que uma parte foi destinada à Pastoral de Ajapi.

Às 13h30, alunos, professores e funcionários do Colégio deram as boas-vindas às crianças. . Na sequência, foram entoadas três canções natalinas e feita a acolhida ao Menino Jesus, verdadeiro símbolo e sentido do natal.

No espaço da Casa Azul, as crianças brincaram no parquinho e realizaram brincadeiras de roda com nossos alunos. Em seguida, foram servidos cachorros-quentes, refrigerante e sorvete aos presentes.

A alegria tomou conta da criançada na chegada do Papai Noel e na distribuição de balas aos presentes. 

O Serviço Social e o Serviço de Pastoral Escolar agradecem aos nossos alunos, irmãs, professores e funcionários, que montaram os 113 kits com roupa, calçado e brinquedo, a todos que colaboraram para a realização do evento e aos que contribuíram de forma significativa para esse gesto fraternal: Irmãs do Imaculado Coração de Maria, Colégio Puríssimo, APM, Brahma Express.
 


Saiba Mais:

Colégio Puríssimo
Rio Claro - SP

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Colaboradores/as da Congregação rezam em preparação para o Natal

O advento é o tempo de preparar o coração para chegada do  Menino Jesus. É preciso rezar e animar-se em comunidade para receber o ‘Deus Conosco’. Com isso, os colaboradores/as que atuam nas sedes administrativas das mantenedoras da Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria participaram de encontro preparatório para o natal. O evento já é tradição e foi realizado na Capela da Sede Geral, e Porto Alegre. 

Foi o dia de uma bonita vivência e de partilha. Conhecemos personagens históricos que nos ajudam a entender a chegada do Messias: Isaías, Simeão e Ana, Zacarias e Isabel, João Batista, José e Maria.

 
 
 
 
 
 

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Festa de Nossa Senhora de Guadalupe

Papa Francisco
"Amanhã é a festa de Nossa Senhora de Guadalupe, Padroeira de toda a América . Nesta ocasião, quero saudar os irmãos e irmãs do continente , e o faço pensando em Nossa Senhora de Tepeyac .

Quando apareceu a São Juan Diego, seu rosto era o de uma mulher mestiça e suas roupas estavam cheias de símbolos da cultura indígena. Seguindo o exemplo de Jesus, Maria está perto de seus filhos, como uma mãe carinhosa acompanha o seu caminho, partilha as alegrias e as esperanças, os sofrimentos e as angústias dos homens de Deus, que são chamados a fazer parte de todos os povos da terra .

A aparição da imagem da Virgem na tilma (manto) de Juan Diego era um sinal profético de um abraço, o abraço de Maria a todos os habitantes das vastas terras americanas, que já estavam lá e os que virão depois.

Este abraço de Maria apontou o caminho que sempre caracterizou a América: uma terra onde povos diferentes podem conviver, uma terra capaz de respeitar a vida humana em todas as fases, desde o nascimento até a velhice, capaz de acolher os migrantes assim como os pobres e marginalizados de todas as idades. Uma terra generosa .

Esta é a mensagem de Nossa Senhora de Guadalupe, e esta é a minha mensagem, a mensagem da Igreja. Encorajo todos os habitantes do continente americano a ter os braços abertos como a Virgem Maria, com amor e ternura.

Eu oro por todos vós, queridos irmãos e irmãs em todas as Américas, e peço que orem por mim . Que a alegria do Evangelho esteja sempre em seus corações. O Senhor vos abençoe e Nossa Senhora os acompanhe."

Ó gloriosa Mãe de Deus, Nossa Senhora de Guadalupe, 
padroeira das Américas,
Tu és nossa mãe compassiva,
Curai nossas penas,
Nossas misérias e dores,
Acolhei-nos no aconchego do Teu manto,
Escutai mãe as nossas preces.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Irmãs preparam o XIX Capítulo Geral Ordinário




O grupo de Irmãs responsáveis por planejar a dinâmica do XIX Capítulo Geral Ordinário, encontrou-se no Instituto Coração de Maria, em Porto Alegre, na terça-feira, dia 11 de dezembro. São irmãs que representam as Províncias e o Setor Geral.  

O XIX Capítulo Geral Ordinário acontecerá de 03 a 13 de novembro de 2014. Em preparação para este evento máximo da Congregação, a comunidade ICM vive o Ano Capitular. Para mais fortalecer a oração e vivência deste tempo, as Irmãs ICM divulgaram uma oração do Capítulo. Clique Aqui

Alunos do Madre Bárbara fazem doação para APAE

Na manhã desta terça-feira (10), representado pelo aluno Natan Dias, do Colégio Madre Bárbara, foi feita uma doação para Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) na quantia de R$ 995,70, arrecadado com os impostos da miniempresa Pulserart criada pelos alunos do 2º ano do Ensino Médio da instituição de ensino. A ação foi realizada dentro do programa Junior Achievement que tem o objetivo de fazê-los vivenciar na prática a experiência da criação de uma pequena empresa, lidando com salários, produção, contratação de funcionários, venda de ações e de produtos, fazendo também o marketing, além do pagamento das contas. Foi arrecadado R$ 2.206,30e a APAE foi à entidade escolhida para a doação da verba restante que seria beneficiada com os impostos.

O aluno Natan Dias, também presidente da Pulserart, a qual produzia e vendia pulseiras, foi um dos maiores responsáveis pelo sucesso da empresa. Para ele foi muito importante ter passado por essa experiência, pois aprendeu junto ao grupo a se organizar melhor, tendo uma boa interação e sabendo lidar com os problemas. “Infelizmente nos empenhamos mais na última semana de vendas, se tivéssemos nos dedicado durante todo o programa, teríamos vendido o dobro, ou mais.” Apenas na última semana foram vendidos R$ 1.200,00 de pulseiras. O aluno afirma mesmo assim ter sido um aprendizado, pois com os erros e contratempos puderam conhecer ainda mais o mundo dos negócios. 

Representando o grupo, o aluno do Colégio Madre Bárbara, Natan Dias, esteve na APAE para doar quase mil reais à instituição

Provavelmente Dias não siga a profissão de administrador ou empresário, pois admite que a experiência foi um pouco estressante, mas conta que o resultado final foi válido, ainda mais por poder ajudar uma entidade carente que estivesse precisando da doação. “Ficamos felizes em poder ajudar a APAE, foi gratificante após as jornadas de trabalho poder estar fazendo um bem e ajudando aqueles que precisam.”

APAE agradece a solidariedade

A diretora administrativa, Cândida Catto, destaca que o dinheiro será muito bem investido, já que em finais de ano sempre é preciso fazer alguns gastos eventuais. O dinheiro recebido será utilizado na compra das lembranças de natal para os alunos, que serão entregues na festa de natal, no próximo dia 19. “Ficamos felizes quando recebemos essas doações, pois encontramos soluções para pagar produtos que não teríamos dinheiro e dessa forma poderemos proporcionar a eles uma bonita festa de fim de ano.” A diretora afirma que as doações sempre são bem vindas.

A coordenadora clínica e pedagógica, Ana Paula Müller, conta que o que mais vale é a iniciativa das pessoas, independente se é um valor em dinheiro, um produto ou qualquer outro item. “É o ato que nos sensibiliza, independente de virem doar, é a ação nobre do doar, de se desprender de algo e passar para quem precisa. Quando chega um recurso significativo como esse, procuramos aplicar em prol dos alunos, que são aqueles que utilizam a instituição.” A coordenadora ainda salienta que esse recurso não será usado para o pagamento de despesas, mas para poder realizar algo a mais àqueles que frequentam a APAE. 

Renata Leal

Saiba Mais:

Colégio Madre Bárbara
Lajeado - RS
Site: www.madrebarbara.com.br

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Nossa Bem-Aventurada


“Sejam humildes, afáveis, 
caridosas e santamente alegres”
Bem-Aventurada Bárbara Maix

Colégio Madre Bárbara vence no 1º lugar Olimpíada de Matemática

Os alunos do 7º ano do Colégio Madre Bárbara, André Malmann e Giancarlo Laste Pretto de 12 anos receberam medalhas de reconhecimento e menção honrosa por terem tirado o 1º lugar na 16ª Olimpíada Matemática da Univates. Na tarde de quarta-feira (5) ocorreu a cerimonia de premiação no auditório do Centro Universitário.
A professora de matemática Eliana Scherer admite que o gosto dos meninos pelo estudo em matemática é natural. “Foi enriquecedor e significativo incentivar e oportunizar momentos para a realização de desafios matemáticos, a participação em olimpíadas se torna gratificante quando os estudantes buscam orientações e suas próprias soluções.”

A professora afirma que eles são persistentes, pesquisadores, criativos e talentosos.

Desfile de medalhas

Na semana passada os meninos estavam desfilando pelos corredores do CMB com suas medalhas. O aluno André Mallmann admite que estava otimista quanto vencer a olimpíada. “A prova foi feita na Univates e a professora selecionou três duplas na sala de aula, tinham questões difíceis, mas conseguimos fazer.” Mallmann conta que o critério de desempate era o desenvolvimento onde faziam o cálculo e precisavam mostrar como chegaram ao resultado, escrevendo e ilustrando.

Mesmo não sendo a disciplina de que mais gosta, Giancarlo confessa que costuma se sair bem em matemática. “Devemos agradecer a professora Eliana e as professoras dos outros anos que nos auxiliaram para saber realizar toda a prova.” Os meninos afirmam que tudo que sabiam, aprenderam em sala de aula.

Renata Leal
Assessora de Comunicação

Saiba Mais:

Colégio Madre Bárbara
Lajeado - RS
Site: www.madrebarbara.com.br

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Canção Nova: Igreja se mostra preocupada com o tráfico humano

O tráfico de pessoas tornou-se um problema mundial que vem se agravando, com o tempo, devido ao grande número de vítimas. Este tipo de crime viola os direitos humanos e ameaça a vida e a dignidade das pessoas.

Não há dados concretos sobre o tráfico humano no território brasileiro, mas estima-se que, nos países da América Latina, cerca de 250 mil pessoas são vítimas desse crime todos os anos, segundo pesquisas da Organização das Nações Unidas (ONU) de 2008. Conforme dados, na América Latina e no Caribe há pelo menos 1,3 milhões de pessoas em situação de trabalho forçado. Dados fornecidos pelas Nações Unidas apontam que cerca de 700 mil mulheres e um milhão de crianças são traficadas todos os anos no mundo (ONU, 2008).

No Brasil, os Estados mais atingidos por esse crime são Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo, além dos estados brasileiros que fazem fronteira com outros países.

O resultado do “Relatório nacional sobre tráfico de pessoas: consolidação dos dados de 2005 a 2011″, elaborado pela Secretaria Nacional de Justiça do Ministério da Justiça (SNJ/MJ), em parceria com o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNDOC), aponta que dos 514 inquéritos instaurados pela Polícia Federal, durante esse período, 344 são referentes ao trabalho escravo e ao tráfico de pessoas, 157 são internacionais e os outros 13 são internos. As pesquisas também revelam que a maioria das pessoas traficadas são mulheres entre 18 e 29 anos e adolescentes.

Em razão dessa situação alarmante, no início do mês de novembro, a Igreja promoveu um encontro internacional sobre esse tema no Vaticano, de forma a fortificar o apoio dessa instituição na luta contra esse crime e conscientizar os cristãos sobre esse problema mundial.
Ouça, na íntegra, a entrevista realizada com a Irmã Eurídes:

Em 2014, a Igreja no Brasil abordará essa questão, unida a todas as arquidioceses e dioceses, durante a Campanha da Fraternidade, cujo tema será “Fraternidade e Tráfico Humano”; e o lema: “É para liberdade que Cristo nos libertou” (GI 5,1).

De acordo com a religiosa, Irmã Eurídes Alves de Oliveira (Congregação das Irmãs do Imaculado Coração de Maria, mestra em Ciências da religião, pela Universidade Metodista de São Paulo – Umesp –, coordenadora da rede ”Um Grito Pela Vida” e integrante da coordenação do GT de Enfrentamento ao Tráfico Humano da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB), a temática da Campanha da Fraternidade 2014 vem para intensificar, ainda mais, as ações pastorais desenvolvidas com a sociedade para diminuir o número de vítimas do tráfico.

“A multiplicação do tema torna, de fato, o assunto e a problemática visíveis para, de certa forma, sensibilizar e envolver a sociedade, o Estado e a Igreja nessa luta. Nós temos informações de que o tráfico de pessoas está entre as três vendas ilícitas mundiais, sendo, hoje, o crime que mais ceifa vidas inocentes”, denunciou Irmã Eurídes.

Hoje, as duas formas mais visíveis de tráfico humano estão ligadas ao trabalho escravo urbano e rural. Além destes, a exploração sexual faz parte das estatísticas, pois o número de pessoas induzidas à prática de prostituição é grande. De acordo com a religiosa, 15% das mulheres traficadas para a escravidão sexual na Europa são brasileiras.

“O Brasil é um país que, pela sua extensão, pela sua cultura, por seu turismo e por toda herança escravocrata e origem colonizadora, carrega em si a marca da escravidão, é uma grande expressão no tráfico de pessoas. No Brasil, são poucas as pesquisas e os dados são muito embrionários, às vezes, defasados, mas podem comprovar e constatar um elevado índice de tráfico para o trabalho escravo e também para a exploração sexual”, ressaltou a religiosa.

As mulheres e as adolescentes fazem parte do grupo mais atingido por esta prática ilegal, pois os criminosos induzem as vítimas com falsas promessas de um futuro melhor. Um fator agravante são as inúmeras desigualdades sociais encontradas em muitos países.
“A exploração sexual é 70% de mulheres e adolescentes, sobretudo meninas. Os dados que possuímos e os fatos comprovam que o fato acontece por meio de aliciamento com falsas promessas e enganos. São as pessoas das regiões mais vulneráveis e empobrecidas que, seduzidas por promessas de melhoria de vida, de realização de um sonho para elas e para a família, acabam se deixando levar e caem nas malhas dos traficantes”, explicou a Irmã Eurides.

Diante dessa realidade, a preocupação da Igreja é crescente. Os trabalhos nas comunidades e na sociedade têm se intensificado nos movimentos pastorais e também nas ações do grupo “Um grito pela vida”; além da realização de seminários e simpósios sobre o assunto, contando sempre com o apoio da CNBB.

“Tem crescido uma grande rede de articulação com outros organismos da sociedade civil. A CNBB realizou dois seminários sobre o tráfico de pessoas fazendo uma parceria também com o Ministério da Justiça. É uma ação pastoral, mas também política. A vida humana é sagrada e a violação do direito precisa ser pensado e combatido, porque isso fere a dignidade do próprio ser”, destacou a religiosa.

A rede “Um Grito pela Vida” pretende lançar uma campanha intitulada “Jogue a favor da vida”, antes e durante a Copa do Mundo 2014, que será realizada no Brasil, com o propósito de conscientizar e também realizar uma prevenção ao tráfico de pessoas nesse período, quando o fluxo de visitantes brasileiros e estrangeiros circulando pelo país será grande.

Com informações do site Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC) e do blog da rede “Um Grito Pela Vida”.
Créditos fotografia: Wesley Almeida

Saiba mais sobre o assunto:

Iniciativas de oração marcam início da Campanha Mundial de combate à fome


O presidente da Cáritas Internacional, cardeal Oscar Andrés Rodrigues Maradiaga, enviou um convite aos bispos, dioceses e comunidades de todo o mundo para um gesto de oração, que marcará o início da Campanha Mundial contra a fome e a pobreza. O evento ocorre no próximo dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos, e tem como tema “Uma família humana, pão e justiça para todas as pessoas”.  No Brasil, a campanha é promovida pela CNBB e pela Cáritas Brasileira e o lançamento será sede da Conferência dos Bispos, a partir das 14h, em Brasília (DF).

“O elemento essencial desses recursos é a oração, especialmente o 'Pai Nosso', que o próprio Senhor nos ensinou e acima de tudo, a Eucaristia. Portanto, espero que a oração acompanhe esta campanha, a fim de inspirar a conversão necessária e novas iniciativas nas nossas dioceses, paróquias, comunidades cristas e religiosas, escola e familiares”, explica o cardeal.

Os regionais e dioceses da CNBB são convidados a participar da “onda de oração” que percorrerá várias partes do mundo, dando início às atividade da campanha. A mobilização internacional quer debater a realidade da pobreza no Brasil e no mundo. No lançamento da campanha, será divulgada uma mensagem do papa Francisco de apoio à iniciativa mundial.

Motivações

O cardeal Oscar Andrés pede, na carta, que os bispos promovam o lançamento da campanha em âmbito diocesano, envolvendo as paróquias, sob a supervisão da Cáritas local e com ajuda as pastorais das dioceses. Outra sugestão é que a campanha seja apresentada durante as celebrações e missas. “Esta luta agora deve ser intensificada por uma maior mobilização dos agentes pastorais e dos fiéis, e ação em todos os níveis, de modo que todos possam contribuir para eliminar a desgraça da fome no mundo”, comenta o presidente da Cáritas Internacional.

A campanha integra uma mobilização mundial da Caritas Internationalis que articulou as 164 organizações em favor da vida, dos direitos humanos e da justiça social. A onda de oração iniciará na ilha de Samoa, na Polinésia, prosseguindo por todo o mundo. Veja o mapa o roteiro de orações: clique aqui

A Cáritas e a CNBB pretendem com a campanha, que vai até 2015, sensibilizar e mobilizar a sociedade sobre a realidade da fome, da miséria e das desigualdades no Brasil e no mundo, garantindo esse direito a todos os cidadãos de forma igualitária. Saiba mais: www.caritas.org.br

Confira a oração sugerida:
Oração da Campanha Mundial

Uma família humana, pão e justiça para todas as pessoas

Senhor Nosso Deus, que nos confiaste os frutos da criação para que cuidássemos da Terra e nos alimentássemos de sua generosidade. Enviaste teu Filho para partilhar sua própria carne e sangue e para ensinar-nos a Lei do Amor. Por Sua morte e ressurreição, nos tornamos  uma única família humana. Jesus teve grande preocupação com as pessoas que não tinham  o  que comer. Transformou cinco pães e dois peixes em um banquete que alimentou mais de cinco mil pessoas. Viemos diante de Ti, Senhor, conscientes de nossas fraquezas, mas com muita esperança, para  compartilhar o alimento com todas as pessoas da grande família humana. Na Tua sabedoria, ilumina os governantes e todos os cidadãos e cidadãs a encontrar soluções justas e solidárias para acabar com a fome no mundo e garantir o direito de cada ser humano à alimentação. Por isso Te pedimos, Senhor  Nosso Deus,  que  ao nos apresentarmos diante de Ti,  possamos nos proclamar como parte de "Uma Família Humana” com “Pão e Justiça para todas as pessoas". Amém! Axé! Hawere! Aleluia!

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Homenagem ao Colégio Stella Maris

O Colégio Stella Maris, de Viamão, foi homenageado na noite da terça-feira, dia 03 de dezembro, pelos seus 75 anos de fundação e atuação na formação humana e intelectual. A honraria foi entregue durante cerimônia realizada pelo SINEPE/RS.
Parabéns Colégio Stella Maris!!

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Rio de Janeiro - Apresentação no Natal Luz

Rio de Janeiro - No dia 29 de novembro  às crianças e adolescentes atendidas pelo Instituto Imaculado Coração de Maria foram convidadas para se apresentar no evento “Natal de Luz” a Pedido do Coronel Emanoel Porto Alonso, da Polícia Federal do Estado do Rio de Janeiro-RJ. No evento as crianças cantaram músicas natalinas, em uma celebração para resgatar o verdadeiro espírito do Natal.

Neste dia tivemos também o encerramento dos encontros natalinos com as crianças; funcionários e Irmãs. Como  o Tema: “O menino Deus veio morar entre nós.” Momentos de reflexão e partilha das situações que vivemos diariamente com as famílias e crianças.
 
 
 
 
 
 
 

Irmã Ofélia Dias Bernadino